logoleft

África do Sul, Dados Rápidos

South Africa Fast Facts

Quando você pensa em viajar para nossas bandas, você precisa ficar sabendo de algumas informações sobre a África do Sul. Veja aqui algumas das mais importantes.

Geografia:
A África do Sul está situada na extremidade sul da África e tem uma superfície de 1 233 404 km² ladeada por aproximadamente 3.000 km de costas banhadas pelo Oceano Índico e pelo Atlântico em seus três lados. Ao norte, faz limite com a Namíbia, Botsuana, Zimbábue e Moçambique e se desdobra ao redor de dois países independentes, Lesoto e Suazilândia.

Capitais:
A África do Sul tem três capitais: Cidade do Cabo (Legislativa), Pretória (Administrativa) e Bloemfontein (Judicial).

Sistema político:
Um dado muito conhecido sobre a África do Sul é que, desde 1994, usufruímos de um governo democrático, as políticas apartheid do passado ficaram para trás. Nossa constituição é considerada um exemplo para o mundo e obedece a uma grande variedade de direitos humanos protegidos por uma legislação judiciária independente. O país é governado pelo Presidente Jacob Zuma do Congresso Nacional Africano (ANC).

Economia:
Um fato não tão conhecido sobre a África do Sul é que atingiu um crescimento econômico estável em produto doméstico bruto desde o fim da década de 90. O país, considerado um mercado emergente, possui um setor financeiro bem desenvolvido e uma bolsa de valores ativa. As políticas financeiras estão focadas em construir estruturas macroeconômicas sólidas. O banco central do país é o Reserve Bank.

Turismo:
Desde o fim do apartheid, o turismo internacional no país ressurgiu, fazendo com que o turismo seja um dos setores que cresce mais rápido. O setor de turismo está bem alicerçado com um campo de novos empreendedores muito prometedor. Os pontos fortes do país são aventura, esportes, natureza e turismo pelo mundo selvagem, e é pioneiro e líder global em turismo responsável.

População:
Com mais de 47 milhões de pessoas, a população da África do Sul é extremamente diversificada. Os africanos são a maioria absoluta, com aprox. 80% da população, seguidos pela população de brancos, de aprox. 4,4 milhões, de mestiços, de aprox. 4,2 milhões e a população indiana/asiática de aprox. 1,2 milhões de pessoas.

Moeda:
A moeda da África do Sul é o rand, que oferece muita rentabilidade para os visitantes. O rande é apresentado em uma série de moedas (R1 = 100 centavos) e notas de R10, R50, R100.

Clima:
O clima da África do Sul é temperado e conhecido por seus longos dias de sol, por isso, é conhecida como a "África do Sul Ensolarada". Na maioria das províncias, o verão é período de chuvas, exceto na região do Cabo Ocidental (onde há chuvas no inverno). O inverno é de maio até agosto, a primavera de setembro até outubro; verão de novembro até fevereiro e outono de março a abril.

Comunicações:
A África do Sul possui uma infraestrutura de comunicações excepcionalmente bem desenvolvida. Diversos provedores de telefonia celular proporcionam cobertura nacional e há boas redes de telefone fixo. Internet e Wi-Fi são facilmente acessíveis na maioria das áreas urbanas.

Províncias:
A África do Sul tem 9 províncias: Cabo Ocidental, Free State, Cabo Ocidental, KwaZulu-Natal; Gauteng, North West, Cabo Setentrional, Limpopo e Mpumalanga

Símbolos nacionais:
A bandeira sul-africana é um símbolo muito quisto de patriotismo e, entre outros emblemas nacionais significantes, estão: Pássaro nacional: grou do paraíso (ou grou azul); Animal nacional: antílope saltador; Peixe nacional: Galjoen; Flor nacional: protea, e Árvore nacional: Mogôbagôba (Podocarpus latifolius ou Real Yellowwood)

Idiomas:
A África do Sul é um país multilingue e há onze idiomas oficiais, entre eles: inglês, africâner, isiNdebele, isiXhosa, isiZulu, Sepedi, Sesotho, Setswana, Siswati, Tshivenda e Xitsonga. O hino nacional Xhosa "Nkosi Sikelel iAfrika" composto por Enoch Sontonga em 1899 é o lema nacional da África do Sul.

Religiões:
Aproximadamente 80% da população da África do Sul é cristã. Outros grupos religiosos relevantes são hindus, maometanos, judeus e budistas. Há uma minoria que não pertence a nenhuma religião majoritária. A Constituição garante liberdade de credo.

Água:
A água é potável. No entanto, quando for viajar para áreas remotas no interior ou para a selva, certifique-se de levar água mineral.

Animais e plantas:
A África do Sul foi reconhecida como um dos 18 destinos megadiversificados do mundo. Como pioneira e líder em turismo responsável, a África do Sul possui inúmeros projetos de conservação para proteger sua herança natural - e os viajantes podem apoiar e participar de muitos desses projetos. O país é o local de residência dos Big 5 (rinoceronte, elefante, leão, leopardo e búfalo).

Eletricidade:
O fornecimento de eletricidade sul-africano é de 220/230 Volts AC 50 HZ. A eletricidade está presente em praticamente todos lugares, com poucas exceções (em áreas muito no interior do país).

Aeroportos:
Os três principais aeroportos internacionais da África do Sul são: Aeroporto Internacional OR Tambo (Johanesburgo), Aeroporto Internacional da Cidade do Cabo e Aeroporto Internacional King Shaka (em Durban), assim como 90 aeroportos regionais, incluindo o Aeroporto Internacional Kruger Mpumalanga em Nelspruit.

Viagens rodoviárias e ferroviárias:
A África do Sul possui uma ampla infraestrutura rodoviária, incluindo autoestradas e estradas secundárias. Os limites de velocidade são de 120 quilômetros em autoestradas, 100 quilômetros em estradas secundárias e 60 quilômetros em vias urbanas.

Exigências para entrar no país:
A África do Sul exige um certificado válido de vacina contra febre amarela de todos os visitantes estrangeiros e cidadãos de mais de um ano de idade que viagem de uma área infectada ou que tiverem estado em trânsito por uma área infectada. Para mais detalhes sobre exigência de visto, entre em contato com a missão diplomática da África do Sul mais perto de você.

Saúde e segurança:
A África do Sul é um país muito conhecido pela sua capacidade médica, desde que o Professor Christiaan Barnard fez o primeiro transplante bem sucedido do coração em 1967. Há muitos hospitais e centros médicos de alto nível no país, principalmente nos centros urbanos. A maioria da África do Sul está livre de malária, mas confira sempre com as reservas de caça que você estiver planejando visitar e tome medidas de precaução, se necessário. Confira que você tem à mão as últimas sugestões de segurança do hotel onde você vai estar e, enquanto estiver viajando, tome medidas de sentido comum.