logoleft

Visite um sangoma

Os xamãs da África - Visite um sangoma

Cerca de 80% da população da África do Sul visita um sangoma mais de 3 vezes por ano. Estes curandeiros místicos exercem bastante influência sobre as pessoas neste país, mas apenas poucas têm a sorte de presenciar os rituais do sangoma, estados de transe e reverência aos ancestrais.

Há 2 tipos diferentes de sangoma. Um é o herbalista, que funciona como um médico, pois aprendeu as propriedades curativas de plantas e porções. Outro é um espiritualista - como um xamã africano - um visionário que entra em contato com os ancestrais em um estado de transe.

Os visitantes que desejam aprender mais sobre essas pessoas sábias e espiritualizadas têm muitas opções. Em Joanesburgo, é possível visitar o Faraday Muti Market para comprar ervas ou misturas para uma variedade de problemas, psicológicos ou físicos. Você também pode consultar um sangoma que lê ossos em um ritual de adivinhação para adivinhar o futuro ou responder perguntas.
Se você quiser saber mais sobre as propriedades curativas ou espirituais de plantas, as pessoas no mercado ficarão felizes em compartilhar o conhecimento.
As montanhas ao redor de Ficksburg em Free State são conhecidas como a "Universidade dos sangomas", pois muitos deles adquirem delas o conhecimento. Os sangomas em todo o país fazem uma peregrinação para este local com o objetivo de coletar ervas e entrar em contato com a natureza e seus ancestrais. Como é necessária uma sensibilidade cultural, é melhor agendar uma visita guiada a diferentes sangomas, em vez de tentar fazer contato sozinho.
Em Eshowe, na Zululand, vários pacotes de turismo foram desenvolvidos, associados à comunidade local. Esta é uma possibilidade de observar um evento raro como a iniciação de um sangoma, o transe e as cerimônias de cura. E, no dia 23 de fevereiro de cada ano, o famoso sangoma Khekhekhe comanda a cerimônia de primeiros frutos, onde ele demonstra os seus poderes ao colocar a cabeça de serpentes venenosas na boca.
Os sangomas são uma parte fundamental da cultura na África do Sul. Venha com a mente aberta é talvez você possa aprender algo sobre si próprio.

Há 2 tipos diferentes de sangoma. Um é o herbalista, que funciona como um médico, pois aprendeu as propriedades curativas de plantas e porções. Outro é um espiritualista - como um xamã africano - um visionário que entra em contato com os ancestrais em um estado de transe.

Os visitantes que desejam aprender mais sobre essas pessoas sábias e espiritualizadas têm muitas opções. Em Joanesburgo, é possível visitar o Faraday Muti Market para comprar ervas ou misturas para uma variedade de problemas, psicológicos ou físicos. Você também pode consultar um sangoma que lê ossos em um ritual de adivinhação para adivinhar o futuro ou responder perguntas.

Se você quiser saber mais sobre as propriedades curativas ou espirituais de plantas, as pessoas no mercado ficarão felizes em compartilhar o conhecimento.

As montanhas ao redor de Ficksburg em Free State são conhecidas como a "Universidade dos sangomas", pois muitos deles adquirem delas o conhecimento. Os sangomas em todo o país fazem uma peregrinação para este local com o objetivo de coletar ervas e entrar em contato com a natureza e seus ancestrais. Como é necessária uma sensibilidade cultural, é melhor agendar uma visita guiada a diferentes sangomas, em vez de tentar fazer contato sozinho.

Em Eshowe, na Zululand, vários pacotes de turismo foram desenvolvidos, associados à comunidade local. Esta é uma possibilidade de observar um evento raro como a iniciação de um sangoma, o transe e as cerimônias de cura. E, no dia 23 de fevereiro de cada ano, o famoso sangoma Khekhekhe comanda a cerimônia de primeiros frutos, onde ele demonstra os seus poderes ao colocar a cabeça de serpentes venenosas na boca.

Os sangomas são uma parte fundamental da cultura na África do Sul. Venha com a mente aberta é talvez você possa aprender algo sobre si próprio.

 

 

Dicas de viagem e informações de planejamento

Como chegar até aqui

Sangomas são curandeiros africanos e símbolos religiosos. Eles entram em contato com os ancestrais para cura dos seus descendentes vivos.

Melhor época para visita

Entre em contato com a operadora de turismo para descobrir cerimônias específicas que coincidem com os seus planos de viagem.

Quanto custa

Os tours custam de R235 ou mais por pessoa.

Melhores compras

Uma porção de amor, riqueza ou felicidade

Com quem falar

Zululand Eco-Adventures
Tel.: +27 35 474 2298
Email: info@eshowe.com

Soweto Zantha Tours
Web: www.face2face.co.za
Tel.: +27 11 331 6109
Email: face2face@pixie.co.za  

Ficksberg Tourism
Web: www.ficksburg.co.za
Tel.: +27 83 285 1444
Email: ansie.fourie@yahoo.co.uk