logoleft

Caminhadas no Blyde River Canyon, Mpumalanga

Caminhadas no limite do mundo

O rio Blyde e o cânion cortado por ele formam um dos mais pitorescos pontos turísticos da África do Sul. Vistas deslumbrantes ao longo do abismo de 33 km de extensão oferecem uma indicação da magnitude desse fenômeno natural. Porém, para uma experiência completa, você precisa fazer a caminhada do Blyde River Canyon.

VOCÊ SABIA?

O Blyde River Canyon é onde o supercontinente Gondwana se separou há 200 milhões de anos.

O rio Blyde é um importante curso d'água que corta Mpumalanga. Responsável em grande parte pela criação das muitas formações geológicas fascinantes da área, é também o elemento predominante do Blyde River Canyon, o terceiro maior cânion do mundo e o único cânion verde do planeta.

A área é um destino popular de caminhadas, não só pela beleza arrebatadora da paisagem, mas também pela riqueza de sua biodiversidade.

Em torno do canyon fica a Reserva Natural de Blyde River Canyon, lar de mais de mil espécies de plantas, inclusive algumas que não existem em nenhum outro lugar da Terra. Uma das últimas verdadeiras florestas de montanha que restam na África do Sul, ela também ostenta uma fauna prolífera, incluindo inúmeras espécies de pássaros.

Esse é o cenário da trilha do Blyde River Canyon. Percorrendo um total de 60 km, a caminhada leva cinco dias, mas pode ser dividida em excursões mais curtas, de um até três dias, ou até meio dia, para acomodar todas as idades e níveis de preparo físico.

A trilha leva até o cânion propriamente dito, o rio Blyde e os pantanais que cercam a barragem de Blyde, além de numerosas cachoeiras, mirantes e pontes. As caminhadas são ótimas especialmente para os observadores de pássaros, mas também há locais para os mais aventureiros praticarem rapel e escalada.

O rio Blyde é um lugar muito procurado para a prática de rafting em corredeira, com diversas operadoras oferecendo expedições diurnas e noturnas. Há rápidos que vão desde o nível 1, ideal para jovens e iniciantes, até um furioso nível 4, que até os profissionais terão dificuldade para encarar.

Existem vários outros belos locais para caminhada na área, especialmente nas cercanias das cidades de Graskop e Sabie. Reserve também um tempo para ver os incríveis acidentes geológicos conhecidos como Bourke's Luck Potholes e a espetacular God's Window.

Dicas de viagem e planejamento

Como chegar

Voe direto de qualquer grande cidade da África do Sul para Nelspruit. De Nelspruit, siga as placas até Graskop e depois até o Blyde River Canyon.

Melhor época para visitar

A área do rio Blyde pode ser visitada o ano todo – os verões são quentes com temporais espetaculares à tarde, enquanto os invernos são amenos ou não muito frios.

Adjacências

Atividades de aventura incluem salto de bungee-jump da ponte em Sabie, salto em pêndulo e tirolesa em Graskop, teleférico na floresta em Hazyview, rafting em corredeiras no rio Sabie e rapel em Graskop. Há dezenas de reservas de caça particulares na área e o Parque Nacional Kruger fica nas proximidades.

Transporte

Caminhar é a melhor opção para ter a experiência máxima das maravilhas naturais da região.

Duração da estadia

A caminhada pela trilha do Blyde River Canyon leva cinco dias. Há também opções mais curtas, de três dias até meio dia de duração.

O que levar

Bastante protetor solar, chapéu, sapatos de caminhada ou botas confortáveis, equipamento próprio para caminhadas.

Onde ficar

As trilhas de caminhada contam com acampamentos dedicados. Também há diversos albergues de caça, pousadas e hospedarias na área.

Calendário de atividades

Corrida de mountain bike Sabie Experience em dezembro, corrida de mountain bike Big Induna em Hazyview em junho, Sabie Forest Fair em outubro.

Informações Turísticas de Mpumalanga 

Tel.: +27 (0) 13 759 5300/1
E-mail: info@mtpa.co.za
Site: www.mpumalanga.com